• supereco

Na semana do Dia da Terra, Supereco faz balanço dos 25 anos dedicados à conservação ambiental

#diadaterra #supereco25anos #semanadaterra #conservacaoambiental


Equipe da Supereco ensinando crianças do Projeto Social Garoça a fazer horta

Fundado em 1994, a OSCIP Instituto Supereco tem muitos motivos para comemorar o Dia Mundial da Terra. Sua renomada atuação nos vários campos da educação, comunicação, conservação e sustentabilidade já acumulam mais de 24 programas e projetos socioambientais desenvolvidos em vários Biomas do Brasil, e mais de um milhão de beneficiários das suas ações.

Há pelo menos 15 anos, o Corredor de Biodiversidade da Serra do Mar foi escolhido como território prioritário para a atuação do Instituto Supereco, onde está a sua sede atual. Uma região estratégica no coração da Mata Atlântica, que ocupa o 5º lugar no ranking das 34 áreas prioritárias para a conservação do Planeta, por serem muito ricas em biodiversidade e mais ameaçadas, segundo a Conservação Internacional.

A OSCIP promove a educação e a mobilização social para a gestão compartilhada, o protagonismo comunitário e articulação de redes e parcerias para fazer a diferença pelos oceanos, águas, florestas, clima e sociedade. É caso do Projeto Tecendo as Águas, que é patrocinado pela Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental e, atualmente, encontra-se na sua segunda etapa.

Boas práticas de conservação dos recursos hídricos continentais e marinhos, alinhadas à Ecoagricultura, ao uso e manejo sustentável do solo, conferem ao trabalho do Tecendo as Águas nas Bacias do Rio Juqueriquerê, do Rio São Francisco e de São Sebastião, municípios de Caraguatatuba e de São Sebastião, SP, uma ótima referência e fonte de inspiração para outras iniciativas brasileiras.

A parceria de mais de 15 anos com o (CBH – LN) Comitês de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte trouxe à tona a segurança hídrica e a importância da consolidação da agroecologia da região, valorizando um trabalho em rede de pequenos e médios produtores rurais da região, agricultores, coletivos, profissionais atuantes no segmento, estudantes e representantes de comunidades tradicionais e os benefícios do intercâmbio de experiências.

Nessa pegada positiva pela Terra, o Tecendo as Águas implantará ainda neste semestre a 1ª unidade de referência em Agroecologia, na bacia do Juqueriquerê. Ela funcionará como um Sítio Escola, onde os temas da Terra, suas dinâmicas e visão sistêmica de um território, servem como base para um trabalho pedagógico interdisciplinar, turístico e ecológico, tendo os comunitários participantes como protagonistas da execução e fortalecimento pós-projeto. “Fortalecer a agroecologia no litoral norte de SP é uma das metas na segunda etapa do Projeto Tecendo as Águas e a implantação do sitio modelo já iniciou com força total”, explica a Presidente do Instituto Supereco Andrée de Ridder Vieira.

Sobre o Dia da Terra: É comemorado anualmente em todo planeta e refere-se à tomada de consciência dos recursos naturais da Terra e seu manejo, à educação ambiental e à participação como cidadãos ambientalmente conscientes e responsáveis.

Também chamado de Dia do Planeta ou Dia da Mãe Terra instituído pela ONU, esta é uma data para reconhecer a importância do planeta, e para refletir sobre como podemos colaborar para proteger a Terra. Atualmente, o Dia da Terra é comemorado por aproximadamente mais de 500 milhões de pessoas ao redor de todo o mundo.

Instituto Supereco – Rumo aos 25 anos

Organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), fundada em 1994, atua em diversos campos da educação, comunicação, conservação e sustentabilidade. Oceano, águas, florestas, clima e sociedade são sua pauta ambiental! Mais informações: www.supereco.org.br

Conquistas do Projeto Tecendo as Águas

O projeto “Tecendo as Águas” conquistou dois prêmios importantes: 1º Lugar da categoria de Preservação dos Recursos Naturais do prêmio “LIF 2015 – Clima e Sociedade: a mudança começa em nós”, da Câmara de Comércio França-Brasil, e, ainda, "Melhores Práticas de Educação Ambiental e Gerenciamento de Recursos Hídricos de 2014”, durante o “XII Diálogo Interbacias de Educação Ambiental em Recursos Hídricos – Água & Energia”, além da representatividade entre os melhores projetos brasileiros selecionados pela Abong (Associação Brasileira de ONGs) para fazer parte da delegação brasileira no Fórum Social Mundial de 2015, na Tunísia, África. É também o responsável por fomentar a Rede São Francisco de Ecoempreendedorismo Social e o Grupo “Ações em Rede” que já reúne 12 instituições em prol da agenda pelos oceanos e pelo turismo sustentável.

Rede de Parceiros

Além do patrocínio da Petrobras, por meio do programa Petrobras Socioambiental, o Projeto Tecendo as Águas conta com uma rede de parceiros estratégicos como o Instituto Educa Brasil, Prefeitura de Caraguatatuba, Prefeitura de São Sebastião, Trata Brasil, CBH-LN (Comitê de Bacias Hidrográficas do Litoral Norte), CEAG (Centro de Educação Ambiental de Guarulhos), RefreshBrazil, OBME (Organização Brasileira das Mulheres Empresárias), APA Marinha Litoral Norte, ASPS (Associação Sebastianense de Promoção Social), Operação Praia Limpa e Vozes das Gotas.

LITORAL NORTE

Rua Maria Cristiano, 72 - São Francisco

São Sebastião - SP

CEP 11629-263

supereco@supereco.org.br

Tel. (12) 3862-0100

SÃO PAULO

Av. Eng. Luís Carlos Berrini, 550 cj 112

São Paulo - SP

CEP 04571-000

Este site foi desenvolvido com o patrocínio da Petrobras por meio do Programa Petrobras SocioAmbiental